• Veterinária 3 Irmãos

Nutrição para cães e gatos com doenças renais

Bastante presentes em cães e gatos, principalmente nos idosos, as doenças renais são uma grande fonte de preocupação, visto que a insuficiência impede que os rins realizem sua função de forma adequada, causando consequências diversas para o organismo do animalzinho. Apesar de o diagnóstico desse tipo de doença ser, muitas vezes, feito de forma acidental, quando se percebe, durante algum exame de rotina, valores de creatinina e densidade urinária alterados, há alguns sintomas que podem ser observados pelo tutor.


Os cães com insuficiência renal normalmente apresentam uma urina concentrada, têm sede em excesso e até emagrecem, pois muitas vezes não conseguem comer adequadamente. Eles podem, inclusive, apresentar quadros de vômito e respiração dificultada, bem como apatia e quadro depressivos.


Os gatos também apresentam sede constante e urina em excesso. Como costumam perder muito líquido, chegam a ficar desidratados e tendem a perder peso, consequência da falta de apetite. Logo ficam mais apáticos, sem ânimo para brincadeiras. As gengivas ficam pálidas e o mau hálito surge, junto com as úlceras na boca. Vômitos e diarreia, bem como feridas no estômago, são comuns. Em alguns casos, o pelo começa a ter falhas e passa a cair excessivamente.


Feito o diagnóstico, um dos primeiros passos é modificar a dieta dos pacientes com doença real, com os objetivos de retardar a progressão da insuficiência, de atender as suas demandas nutricionais e energéticas, de aliviar os sinais clínicos e as consequências de possíveis intoxicações e de melhorar a qualidade de vida do bichinho.


Para os cães, nunca se deve colocar muito sal nos alimentos. Como deve-se trabalhar com uma dieta com pouco fósforo, fígado, peixe, queijo, lácteos e legumes não devem ser oferecidos. Arroz cozido, ovos e carnes magras, como o frango, são uma opção excelente se fizerem parte da dieta recomendada pelo veterinário. O ideal é sempre se buscar proteínas de qualidade, que permitam que o rim trabalhe. É importante não dar rações comuns ao paciente, pois muitas vezes elas têm proteínas de má qualidade, que nem sempre vêm da carne, o que pode piorar muito a insuficiência renal. O aumento do consumo de água é fundamental para evitar a desidratação. Caso ele não beba por conta própria, pode-se pulverizar água sobre alimentos secos ou incluir alimentos úmidos nas refeições. Por fim, deve-se aumentar a ingestão de vitamina B para compensar a sua perda pelo excesso de urina e inserir uma boa quantidade de fibras solúveis na dieta.


Para os gatos, a restrição de fósforo também é a primeira ação, visto que ela pode desacelerar a progressão da doença. Recomenda-se a restrição moderada de proteínas e a utilização de fontes de alta digestibilidade, como o ovo, a proteína isolada de soja e algumas proteínas animais. O alimento, de modo geral, deve conter alta densidade energética, pois a perda de apetite é bastante comum nestes pacientes. A gordura também é uma excelente fonte de energia para gatos, além de aumentar a palatabilidade do alimento. A suplementação de ômega-3 apresenta papel importante, promovendo a redução do processo inflamatório. Antioxidantes e vitaminas, principalmente do complexo B, devem ser fornecidos via dieta e os teores de sódio devem ser de normais a moderadamente reduzidos. As rações devem ser específicas, evitando a ingestão de alimentos prejudiciais.


Independentemente das nossas dicas, é importante que você sempre procure um médico veterinário caso note algum sintoma de doença renal no seu pet. Ele vai fazer os exames necessários e oferecer a você dicas sobre a utilização de alimentos coadjuvantes precisamente formulados para o suporte renal, contribuindo para a manutenção da função dos rins, retardando a evolução da doença e dando expectativa de vida aos animais acometidos de forma mais significativa.


Aqui na Clínica Veterinária 3 Irmãos do Centro você conta com uma equipe preparada e uma estrutura completa para cuidar do seu bichinho, 24 horas por dia, 7 dias por semana.


#prevencao

#cuidado

#caes

#cao

#cachorro

#doglovers

#cachorreiro

#veterinario

#veterinaria

#clinicaveterinaria

#clinicaveterinaria24horas

#veterinaria24horas

#veterinaria24h

#veterinario24horas

#florianopolis

#floripa

#veterinaria3irmaoscentro

#veterinaria24hflorianopolis

#caoidoso

#gatoidoso

#petidoso

#cuidadoscompetidosos

#cuidadoscomcaesidosos

#cuidadoscomgatosidosos

#melhorveterinarioflorianopolis

#melhorclinicaveterinariaflorianopolis

125 visualizações

© 2018 - Todos os direitos reservados para Clínica Veterinária 3 Irmãos