• site3irmaos

Sobre passear com o cão sem guia

Atualizado: 9 de Out de 2018


Passear com o cachorro sem uma guia é uma vontade de muitos tutores e, por isso, os treinadores costumam ser bastante requisitados para treinar os pets de modo que respeitem a diversos comandos quando soltos na rua. O desejo dos tutores é compreensível, visto que querem dar ao animalzinho a liberdade para explorar o ambiente e os cheiros e, consequentemente, aproveitar melhor o passeio. No entanto, essa prática, que parece tão interessante, pode trazer consequências graves.


Nas cidades mais movimentadas, ficamos sujeitos a encontrar automóveis o tempo todo, além de pessoas andando de bicicleta, de skate, de roller, etc. Toda essa movimentação pode ser perigosa, já que muitos estímulos acontecem ao mesmo tempo. O animalzinho, mesmo treinado, responde por instinto e qualquer momento de desatenção pode gerar um grande problema, como uma corrida desesperada para uma ciclovia ou até mesmo para uma pista em que passam carros em alta velocidade. Por mais que ele tenha sido treinado, é possível que se distraia e não responda aos comandos de “pare”, “sente” ou “fique”.


Na rua, todo tipo de barulho e ação pode acontecer, como buzinas altas, freadas bruscas, fogos de artifício, pessoas gritando. Se esses estímulos são capazes de nos assustar, pense no que eles podem provocar em um cão, que conta com uma audição extremamente aguçada. Mais uma vez, frente a um susto, ele pode correr, atravessar pistas e invadir locais propícios a acidentes.


Outro problema comum é a ocorrência de ataques de cães sem guia. Muitos deles, apesar de socializados, tornam-se agressivos diante de algumas situações e acabam atacando outros animais. Dependendo do porte, o dono não consegue segurá-lo a tempo e aí o estrago está feito. Além dos problemas para o cachorro, não é incomum a presença de discussões e brigas entre tutores com pensamentos diferentes sobre o assunto.


O fato é que o assunto é polêmico, mas, dado o nosso conhecimento e o número de experiências com cães atropelados em situações de passeio, devemos sempre aconselhar os tutores a manterem os seus animais em segurança, fazendo uso da coleira e da guia de forma adequada. Se o seu cão puxa a guia e torna o passeio complicado, contrate um treinador para resolver o problema, mas não arrisque a vida do seu animalzinho. Se a guia parece desconfortável, procure outra que se adapte a ele. Hoje há variados modelos no mercado e é sempre possível achar uma saída.


Em caso de dúvidas, procure o nosso pessoal na loja. Eles vão apresentar as melhores opções e você vai poder passar com o seu animalzinho sem oferecer risco a ele e aos outros.


#video

#videoinstitucional

#melhorclinicaveterinaria

#prevencao

#cuidado

#caes

#cao

#cachorro

#doglovers

#cachorreiro

#veterinario

#veterinaria

#clinicaveterinaria

#clinicaveterinaria24horas

#veterinaria24horas

#veterinaria24h

#veterinario24horas

#florianopolis

#floripa

#veterinaria3irmaoscentro

#veterinaria24hflorianopolis

102 visualizações

© 2018 - Todos os direitos reservados para Clínica Veterinária 3 Irmãos